Âncoras à distância: Escolher a âncora e a corda certas para a sua aventura náutica

Quando se trata de andar de barco, um item essencial que nunca deve ser esquecido é a âncora e a corda. Estas ferramentas, aparentemente simples, desempenham um papel crucial para garantir a sua segurança e a estabilidade do seu barco enquanto está na água. Quer seja um velejador experiente ou um navegador novato, compreender os tipos de linhas de ancoragem, âncoras de barco e cordas disponíveis é vital para uma experiência de navegação tranquila e segura. Neste guia completo, vamos mergulhar profundamente no mundo das âncoras e cordas, explorando várias opções, as suas utilizações e como fazer a melhor escolha para as suas necessidades náuticas.

Tipos de âncoras

1. Âncora de barco

Uma âncora para barcos é um acessório indispensável para qualquer utilizador de barcos. É a principal ferramenta utilizada para fixar o seu barco no lugar quando quer parar e desfrutar da água ou pescar. As âncoras para barcos existem em vários tipos, incluindo:

Âncora Danforth

A âncora Danforth, também conhecida como âncora de barbatana, é uma escolha popular devido ao seu excelente poder de fixação em fundos arenosos ou lamacentos. É constituída por uma haste com duas hastes triangulares longas e afiadas que penetram no fundo do mar quando é aplicada pressão. Esta conceção torna-a particularmente eficaz em fundos moles e soltos.

Âncora de arado

As âncoras de arado, também chamadas âncoras de arado, são conhecidas pela sua versatilidade e capacidade de aderir a uma variedade de tipos de fundos marinhos. Possuem uma única barbatana curva que se assemelha à forma de um arado, o que lhes permite penetrar eficazmente no fundo do mar. As âncoras de arado são adequadas para vários ambientes náuticos, incluindo areia, lama e gravilha.

Âncora de garra

As âncoras de garra, com o seu design único em forma de garra, são conhecidas pela sua capacidade de se fixarem rapidamente e de se manterem bem em fundos rochosos ou com ervas daninhas. São altamente eficientes na escavação do fundo do mar e oferecem uma excelente estabilidade. A âncora em forma de garra é uma excelente escolha quando é necessária uma fixação fiável em condições difíceis.

Âncora em forma de cogumelo

As âncoras em forma de cogumelo caracterizam-se pela sua forma de cogumelo, com uma cabeça redonda pesada e uma haste fina. São normalmente utilizadas para embarcações mais pequenas e são eficazes em fundos marinhos mais macios, como lama ou lodo. Embora não ofereçam o mesmo poder de retenção de outras âncoras, são fáceis de manusear e adequadas para embarcações ligeiras.

2. Âncoras para navios à venda

Se for o orgulhoso proprietário de uma embarcação maior, precisará de uma âncora para navio. As âncoras para navios existem em vários tipos, cada um concebido para fins específicos:

Âncora sem fundo

As âncoras sem fundo são normalmente utilizadas em embarcações comerciais, incluindo navios de carga e petroleiros. São conhecidas pelo seu excecional poder de retenção, o que as torna adequadas para navios de maiores dimensões que necessitam de permanecer firmemente ancorados, mesmo em condições meteorológicas adversas. O seu design sem stock permite uma arrumação eficiente no convés do navio.

Âncora do Almirantado

As âncoras do Almirantado são conhecidas pela sua fiabilidade e são frequentemente utilizadas em navios militares e embarcações maiores. Têm um design tradicional caracterizado por uma haste comprida, uma coronha (barra transversal) e duas barbatanas. As âncoras do Almirantado são altamente eficazes em fornecer uma fixação segura para navios pesados, tornando-as uma escolha preferida para aplicações navais.

Âncora da Marinha

As âncoras da marinha, também conhecidas como "âncora sem estacas da marinha", foram concebidas para proporcionar um poder de retenção forte e fiável aos navios da marinha. A sua conceção é semelhante à das âncoras sem fundo, mas têm dimensões e características específicas adaptadas às necessidades da marinha. Estas âncoras são construídas para garantir a estabilidade e a segurança durante as operações navais.

Leia os nossos artigos de topo sobre temas como a navegação, dicas de navegação e destinos na nossa revista.

Veja os nossos últimos conteúdos sobre navegação:

Âncora deitada na areia nas águas azuis cristalinas do Mediterrâneo

Tipos de cordas

3. Cabos de ancoragem

A escolha da corda de ancoragem correcta é tão importante como a escolha da âncora correcta. As cordas de ancoragem estão disponíveis em diferentes materiais e designs, cada um oferecendo vantagens únicas:

Corda de nylon para âncora

As cordas de nylon para âncoras são populares entre os barqueiros devido à sua força, elasticidade e resistência à abrasão. Estas cordas podem esticar e absorver cargas de choque, reduzindo a tensão tanto na âncora como no barco. As cordas de nylon para âncoras são uma excelente escolha para a maioria dos barqueiros, uma vez que têm um bom desempenho numa variedade de condições e são resistentes à corrosão da água salgada.

Cabo de ancoragem em polipropileno

Os cabos de ancoragem em polipropileno são leves e flutuam na água, o que os torna fáceis de manusear e ideais para pequenas embarcações. Embora sejam menos elásticas do que as cordas de nylon, continuam a ser adequadas para várias aplicações náuticas. As cordas de polipropileno são resistentes ao apodrecimento e ao bolor, o que é essencial para manter a sua integridade num ambiente marinho.

Cabos de ancoragem entrançados

Os cabos de ancoragem entrançados oferecem uma resistência e durabilidade excepcionais, tornando-os adequados para aplicações pesadas. Estas cordas consistem em múltiplos fios entrelaçados, criando uma corda forte e flexível que pode suportar cargas significativas. Os barqueiros com embarcações maiores ou aqueles que ancoram frequentemente em condições difíceis optam frequentemente por cabos de ancoragem entrançados.

Combinação de corrente e corda

Nalguns casos, os barqueiros utilizam uma combinação de corrente e corda de ancoragem. Esta configuração envolve a fixação de um comprimento de corrente de âncora à âncora e a sua ligação à corda. A corrente acrescenta peso à âncora, ajudando-a a fixar-se mais eficazmente, especialmente em condições de correntes fortes ou de vento. A corrente também proporciona uma maior resistência à fricção, protegendo o cabo do desgaste.

Corda com chumbo

As cordas com chumbo são concebidas para afundar e fornecer peso adicional para aumentar a estabilidade da âncora. Quando está a lidar com correntes fortes ou águas turbulentas, uma corda com chumbo pode ajudar a sua âncora a manter uma fixação segura. Estas cordas têm pesos de chumbo intercalados ao longo do seu comprimento, assegurando que ficam submersas e mantêm a tensão na âncora.

Selecionar a melhor âncora e corda

A seleção da melhor combinação de âncora e corda depende de vários factores:

Tamanho do barco

O tamanho do seu barco é um fator crucial para determinar o tipo e o tamanho da âncora e do cabo de que necessita. As embarcações mais pequenas podem necessitar de âncoras e cordas leves, enquanto as embarcações maiores necessitam de opções mais pesadas.

Localização da embarcação

O tipo de fundo do mar e as condições da água nos seus locais de navegação preferidos desempenham um papel significativo na seleção da âncora e do cabo. Compreender a composição do fundo e as correntes de água é essencial para escolher o equipamento correto.

Peso da âncora

O peso da sua âncora é vital para uma ancoragem correcta. Uma âncora demasiado leve pode não fornecer força de retenção suficiente, enquanto uma âncora demasiado pesada pode ser difícil de manusear e pode danificar o convés do barco. Consulte as recomendações do fabricante e os especialistas para encontrar o peso correto para o seu barco.

Comprimento da corda

Certifique-se de que o cabo da âncora é suficientemente longo para alcançar o fundo do mar confortavelmente. Uma regra geral é ter pelo menos sete vezes a profundidade da água no comprimento do cabo da âncora. Isto permite que a âncora se fixe corretamente e proporciona espaço suficiente para uma fixação segura.

Manuseamento da âncora

Considere a facilidade de manuseamento da âncora escolhida. Para embarcações mais pequenas e motos de água, são preferíveis âncoras leves e manejáveis. As embarcações maiores podem necessitar de guinchos de âncora eléctricos para manusear âncoras pesadas de forma eficaz.

Considerações ambientais

Tenha em atenção os regulamentos e práticas ambientais quando ancorar. Em áreas sensíveis, como recifes de coral ou ecossistemas protegidos, use bóias de amarração designadas ou ancore em zonas designadas para minimizar os danos ao meio ambiente.

Manutenção da âncora e da corda

A manutenção adequada da âncora e da corda é crucial para garantir a sua longevidade e eficácia. Seguem-se algumas sugestões de manutenção:

Inspeção da âncora

Inspeccione regularmente a sua âncora para detetar danos e sinais de desgaste. Procure por pontas dobradas, corrosão ou quaisquer peças soltas. Limpe a âncora após cada utilização, removendo qualquer lama ou detritos que possam acelerar o desgaste.

Cuidados com a corda

Limpe e guarde corretamente o cabo da âncora para prolongar a sua vida útil. Enxagúe a corda com água doce para remover o sal e os detritos e deixe-a secar completamente antes de a enrolar para armazenamento. Evite armazenar cordas molhadas num espaço confinado, uma vez que isso pode promover o crescimento de bolor e mofo.

Manutenção da corrente

Se utilizar uma corrente de ancoragem, inspeccione-a regularmente para detetar sinais de ferrugem ou desgaste. Remova qualquer ferrugem com uma escova de arame e mantenha a corrente bem lubrificada para evitar a corrosão.

Armazenamento correto

Certifique-se de que a âncora e o cabo estão arrumados de forma segura quando não estão a ser utilizados. O equipamento solto no convés pode constituir um risco para a segurança e causar danos na sua embarcação.

Segurança em primeiro lugar

Dê sempre prioridade à segurança quando manusear âncoras e cordas. Utilize luvas e equipamento de segurança adequados para evitar ferimentos e tenha cuidado com o que o rodeia e com os outros barqueiros quando ancorar em áreas com muita gente.

Conclusão

No mundo da navegação, a âncora e a corda certas podem fazer toda a diferença na sua segurança e diversão. Quer esteja a fazer um cruzeiro ao longo da costa, a lançar âncora para um dia relaxante na água ou a embarcar numa longa viagem ao largo, é essencial compreender as várias opções disponíveis e selecionar a melhor âncora e cabo para as suas necessidades específicas. Invista em equipamento de qualidade, mantenha-o bem conservado e estará preparado para inúmeras aventuras em mar aberto.

Então, de que está à espera? Dê uma vista de olhos à nossa gama de barcos fretados e dirija-se a alguns dos nossos destinos de navegação favoritos.

Estou pronto para o ajudar a reservar um barco para as suas férias de sonho. Contacte-me.