Essenciais para uma navegação tropical: o que levar para destinos exóticos

Vai de férias para um destino tropical? Veja as nossas dicas úteis sobre como se preparar e o que levar na mala.

Já falámos sobre o que levar nas suas férias à vela na Europa em artigos anteriores. No entanto, com a época de inverno a levar muitos velejadores a embarcar em aventuras em iates tropicais, compilámos a derradeira lista de embalagem para garantir que o seu saco de vela tem tudo o que é essencial para estas viagens únicas.

De que documentos necessito?

Certifique-se de que verifica a validade do seu documento de viagem (passaporte) com bastante antecedência. Muitas vezes, as próprias companhias aéreas exigem que o documento seja válido durante, pelo menos, 6 meses após o fim da viagem. Informe-se também sobre se o visto para o seu destino tem de ser tratado com antecedência ou se pode ser obtido no local. Se planeia alugar um carro ou uma scooter, é também uma boa ideia obter uma carta de condução internacional.

Leve também um cartão internacional de vacinação. Este informa os médicos locais sobre o seu estado de vacinação, o que é particularmente importante numa emergência. Outra dica é fazer cópias de todos os seus documentos, seja no seu smartphone ou em cópias impressas num estojo à prova de água. Desta forma, se perder o original, terá pelo menos algo a que recorrer.

Por último, recomendamos que prepare um cartão com todos os números de telefone essenciais, incluindo a embaixada mais próxima, o seu contacto de emergência, a polícia local e os serviços de emergência. Isto é útil em caso de perda ou roubo do telemóvel.

YACHTING.COM TIP: Para além dos documentos de viagem tradicionais, verifique a validade da sua licença de capitão no destino tropical. A nossa equipa comercial terá todo o prazer em ajudá-lo.

O sol tropical não perdoa

Filtro UV mesmo para o vestuário

Nunca subestime a intensidade do sol tropical, que pode ser muito mais severo do que o que se pode sentir na Croácia, Grécia ou Espanha. Os raios solares são amplificados na água, aumentando o risco de queimaduras solares. Para se proteger, opte por vestuário de lycra leve com um fator de proteção UV quando estiver na água ou a bordo do iate. Este material não só protege a sua pele dos raios nocivos, como também seca rapidamente para maior conforto. Aplique sempre um protetor solar com FPS elevado e não se esqueça de proteger os lábios com um bálsamo labial com proteção UV, uma vez que também são susceptíveis a queimaduras.

Camisa de Lycra homem

A Lycra é frequentemente utilizada pelos entusiastas dos desportos aquáticos para evitar queimaduras.

Cubra a sua cabeça

Mesmo que esteja vento no barco, o sol continua a bater. Proteja-se das queimaduras solares usando um chapéu ou um cachecol, de preferência com proteção solar incorporada. Uma vez que é comum perderem-se objectos ou serem levados pelo vento no mar, leve extras. Por isso, leve dois chapéus e dois cachecóis. A melhor forma de proteger os seus olhos é com óculos de sol de qualidade que ofereçam proteção UV. Evite óculos baratos comprados no mercado, pois muitas vezes não oferecem proteção adequada e podem prejudicar a sua visão.

Cuidados pós-sol

O sol não acaba com um bronzeado ou, no pior dos casos, com queimaduras solares. Cuide da saúde da sua pele mesmo depois de apanhar sol. Recomendamos que leve na mala cremes como Pantenol, Bepanthen ou outros produtos calmantes, hidratantes e regeneradores. E para aqueles momentos inesperados, o iogurte branco pode servir como um remédio improvisado para a pele queimada pelo sol.

pele feminina queimada ao sol, em grande plano, com uma t-shirt azul

A incidência do cancro da pele tem vindo a aumentar nos últimos anos. Não subestime o sol.

Chuvas de monção: uma surpresa indesejada

Embora muitos associem os países tropicais a um clima bonito, é fácil esquecer as chuvas frequentes. Os aguaceiros tropicais ou de monção podem apanhá-lo de surpresa, pelo que recomendamos que traga roupa impermeável. Embora esperemos que não venha a precisar dele, é melhor estar preparado.

Proteção contra insectos: não subestime a sua necessidade

Quer queiramos quer não, os destinos tropicais têm frequentemente mosquitos (pelo menos). Quando entramos em contacto com estes insectos irritantes, precisamos de duas coisas: proteção para não sermos picados e cuidados quando, infelizmente, somos picados. Para a prevenção, as redes mosquiteiras são a sua melhor aposta, especialmente se estiver a planear dormir no cockpit ou numa rede. Além disso, considere a utilização de repelentes de insectos fortes disponíveis em lojas de desporto ao ar livre, formulados especificamente para estas regiões. Outra medida proactiva é a vacinação contra doenças transmitidas por mosquitos, comuns nestas zonas, como a dengue ou a malária.

Se as suas defesas não funcionarem e acabar com uma picada de inseto, tudo o que pode fazer é aplicar um creme anti-histamínico e esperar que pare de dar comichão. O creme anti-histamínico também deve fazer parte do seu estojo de primeiros socorros, não só para as picadas de mosquito, mas também para as picadas de alforrecas, pois pode ajudar a aliviar a sensação de ardor.

YACHTING.COM TIP: Que criaturas perigosas se podem encontrar em destinos tropicais e o que fazer? Veja o que fazer se for picado por uma medusa, como prestar primeiros socorros em caso de encontro com um peixe venenoso e como ultrapassar o medo dos tubarões.

Mais artigos sobre destinos tropicais:

Férias tropicais requerem um estojo de primeiros socorros adicional

Como capitão responsável, tenho a certeza de que leva o seu próprio estojo de primeiros socorros. Mas o que levar especialmente para locais mais exóticos?

  • Medicamentos para alergias (para uma reação ao pólen, frutos exóticos ou picadas de insectos)
  • Creme antibiótico
  • Antibióticos (até poder obter ajuda médica profissional)
  • Medicamento antidiarreico (os alimentos exóticos podem afetar o seu intestino)
  • Pinças (para quase tudo)
  • Gotas para os olhos (porque até a água em países exóticos pode inflamar)

DICA YACHTING.COM: Para mais informações sobre doenças e primeiros socorros, consulte os nossos guias sobre o que fazer se alguém adoecer enquanto navega ou sofrer um acidente ou ferimento. Não seja apanhado desprevenido numa emergência.

Lidar com o imprevisível em países tropicais

A prevenção é fundamental, especialmente quando se trata de salvaguardar o seu investimento numas férias exóticas. Em destinos remotos, recomendamos, mais do que em qualquer outro lugar, a subscrição de um seguro. Na Yachting.com, podemos providenciar um seguro de viagem e um seguro de cancelamento de viagem quando reservar o seu iate. Isto é especialmente importante nas férias tropicais, uma vez que podem ser mais caras. O seguro de depósito básico é uma obrigação; cobre o seu depósito se surgirem problemas com o barco no check-out. Para uma cobertura completa, considere optar pela opção EXTRA, que inclui o seguro de responsabilidade civil.

Porque é que recomendamos ainda mais um seguro em destinos exóticos? A necessidade de um seguro é ainda maior devido às diferenças culturais e às potenciais complicações. Questões como disputas de depósitos com companhias charter, ou desafios em cancelamentos de voos e charters, são mais complexas do que em destinos mais familiares como a Croácia. O acesso à assistência médica também pode variar muito.

Por isso, o nosso conselho é simples: faça um seguro. Não tente poupar dinheiro a todo o custo, porque, em caso de emergência, ficará sem dinheiro.

DICA YACHTING.COM: Sabia que a yachting.com oferece diferentes pacotes de preços? Por exemplo, com o pacote Premium, o seguro de depósito está incluído no preço.

Paraíso tropical, praia idílica das Caraíbas com veleiros, Punta Cana, República Dominicana

Não deixe que situações evitáveis estraguem este idílio

Cartão ou dinheiro?

Se está habituado à comodidade dos cartões de crédito, dos pagamentos por telemóvel e de uma Internet de alta velocidade fiável, tenha em conta que estas comodidades não estão disponíveis em todo o lado. Em destinos remotos, como os pequenos atóis das Caraíbas ou as zonas do Sudeste Asiático, os métodos de pagamento tradicionais, como o dinheiro, são mais comuns. Embora os grandes supermercados e as estâncias possam aceitar métodos de pagamento modernos, os vendedores locais, os mercados e as pequenas lojas normalmente não o fazem. Por conseguinte, quando se desloca a estes locais exóticos, é aconselhável levar consigo muito dinheiro, de preferência em moedas universalmente aceites, como o dólar ou o euro, para além de alguma moeda local. Este dinheiro pode muitas vezes ser levantado em caixas multibanco ou trocado no aeroporto.

O mesmo se aplica ao cartão SIM e às chamadas. Em muitos casos, comprar um cartão SIM local à chegada ao aeroporto é mais económico, oferecendo um melhor acesso a dados e opções de chamadas, normalmente a um preço acessível.

Abastecer-se antes de zarpar

No início das suas férias num iate tropical, tenha em atenção que poderá não encontrar grandes lojas durante a sua viagem. Abasteça-se de alimentos e, acima de tudo, de bebidas e água potável. Certifique-se de que compra quantidades suficientes destas necessidades no porto de origem antes de zarpar

Como desfrutar da sua estadia no convés

Durante o pico do verão, para seu conforto em destinos exóticos, sugerimos que opte por um barco equipado com ar condicionado. No entanto, no caso de o ar condicionado não estar operacional, é aconselhável ter um plano de reserva. Levar consigo uma ventoinha portátil pode ser um salva-vidas, especialmente à noite, quando o ar fresco é essencial para uma boa noite de sono

Capturar as suas memórias

O mundo subaquático dos destinos tropicais é um caleidoscópio de cor e vida. Não se esqueça de levar o seu equipamento de snorkelling - máscara, snorkel e barbatanas - bem como uma câmara subaquática para captar a beleza de cortar a respiração. E não se esqueça da praticidade de um "kit ABC" - é inestimável para tarefas como passar uma corda por uma hélice ou verificar a âncora

DICA YACHTING.COM: Se a vida debaixo das ondas lhe agrada, consulte os nossos 50 melhores locais do mundo para velejar e fazer snorkelling. Além disso, pode encontrar muitas outras dicas para destinos tropicais no nosso guia completo para a prática de snorkelling na Tailândia e, para o que vive nos recifes de coral das Caraíbas.

Snorkeling no exótico

Mergulhar com tubo de respiração nos trópicos é uma experiência fantástica. É como um aquário ao ar livre.

Excursões em terra

Se tenciona fazer escala durante a sua viagem, é aconselhável garantir que a sua vacinação anti-rábica está actualizada. Os animais vadios, como os cães e os macacos, podem ser portadores desta doença grave. Para excursões nas cidades, considere a utilização de uma bolsa de cintura ou de pescoço para transportar discretamente e em segurança os seus documentos e dinheiro. Estas podem ser compradas em lojas especializadas em actividades ao ar livre. Para os viajantes mais aventureiros ou orientados para a sobrevivência, levar um machete ou uma faca afiada pode ser útil para navegar nas selvas ou mesmo para tarefas práticas como cortar cocos das palmeiras.

Côco

Abre o teu próprio coco. A água de coco é óptima.

Seja qual for o seu destino, eu encontro-lhe o melhor barco. Entre em contacto.